O que é o PROFEM II?

O empreendedorismo é um fenómeno incontornável nas sociedades atuais. Desde os anos 80 do Séc. XX, o traço mais essencial da dinâmica económica relaciona-se com a capacidade empreendedora dos agentes produtivos, pois num mundo competitivo e global a capacidade de inovar e de ultrapassar, pela diferença no incremento de valor, a concorrência, é um fator-chave da competitividade. Daí que, desde essa altura, eclodiu a pesquisa científica sobre o fenómeno, envolvendo investigação pluridisciplinar, nomeadamente a ciência económica, a gestão e várias ciências empresariais, mas também outras áreas científicas como a biologia, psicologia, sociologia e ética.
A crise mundial que se arrasta desde 2008, com especial incidência nos países desenvolvidos que, para além dos problemas financeiros, se expressa na falta de crescimento económico e nos elevados níveis de desemprego, veio acentuar a necessidade de criatividade empresarial. É urgente que se assuma o risco, criando o seu próprio emprego, pela via do empreendedorismo. Isso não se concretiza sem o desenvolvimento de competências, sendo para tal inadiável preparar o sistema educacional e formativo para esse desígnio.

CRUZ, José Neves e CARDOSO, Carla Sofia, O empreendedorismo e o ambiente jurídico e institucional, in http://www.scielo.oces.mctes.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0873-74442012000100005

 

logo

PROFEM - Promover o Empreendedorismo no Feminino II
É um projeto que visa  apoiar o EMPREENDEDORISMO das mulheres, proporcionando a oportunidade de participação num projeto de formação de carácter empresarial, que permita criar o próprio emprego ou constituir a sua empresa.

ppt Apresentação

Objetivo Geral:

Estimular e apoiar o empreendedorismo feminino, promovendo a igualdade de oportunidades e proporcionando a participação num projeto de formação, consultoria, apoio ao arranque e criação de rede, de carácter empresarial, a 10 mulheres com formação de nível superior, que lhes permita criar e gerir a sua empresa.

Objetivos Específicos:

- Ministrar uma ação de formação, com 185 horas de duração,  orientada para a criação de micro/pequenas empresas, que contribua para o desenvolvimento das suas competências profissionais e pessoais em termos de reforço da auto confiança, participação, capacidade de liderança, negociação e gestão.
- Realizar 80 horas de consultoria, por projeto empresarial que de modo a complementar a formação, elaborando o seu Plano de Negócios e criando a sua empresa.
- Criar uma rede de informação, comunicação e cooperação de apoio às empresas a criar, que lhes permita um acesso privilegiado a um conjunto de informação e recursos.

 

 

ORGANIZAÇÃO DO PROJETO (sequência)

 

Formação (185 horas)
Consultoria (80 horas/empresa)
Criação da Empresa
Apoio ao Arranque (prémio no valor de 12 x  IAS)
Criação de Rede de Informação e Comunicação

Formação - Módulos:

 

Módulo 1 - Igualdade de Género           
1.1 Conhecer a Realidade e Compreender para Responder       
1.2 Conceitos   
1.3  Intervenção para a mudança das mulheres e dos homens 
1.4 Módulo temático específico
1.4.1 A Igualdade de género e o crescimento económico
1.4.2 A Igualdade de género e o empreendedorismo
1.4.3 A Igualdade de género em cargos de direção      
1.5 Guião Individual para a promoção da Igualdade       

Módulo 2 – Gestão
2.1. Introdução à Gestão e Organização de Empresas
2.2.Gestão Financeira e Contabilística
2.3. Gestão de Tesouraria          
2.4. Legislação Laboral e comercial         
2.5. Marketing e Planos de Marketing  
2.6. Ambiente, segurança, higiene e qualidade - gestão integrada         

Módulo 3 - Relações Interpessoais e liderança
               
Módulo 4 -  TIC - Tecnologias da Informação e Comunicação   

Consultoria (80 horas/empresa)

O objetivo da componente de consultoria é de elaboração do Plano de Negócios e apoio à criação da empresa, com o apoio de consultores/a especialistas.
Cada projeto empresarial beneficia de acompanhamento e apoio num total de 80 horas.

Criação da Empresa

A criação da empresa realizar-se-á ao longo do período de desenvolvimento da consultoria, sendo obrigatório.

Apoio ao Arranque

As formandas que criem a sua própria empresa/negócio, poderão beneficiar de um prémio de apoio ao arranque que corresponderá a 12 vezes o valor fixado para o indexante dos apoios sociais (IAS)*

Criação de Rede

De modo a complementar as fases de formação e consultoria e com o intuito de dar visibilidade aos projetos empresariais e manter em contacto, quer entre si e com a entidade promotora do projeto, quer com a comunidade em geral, é criada uma rede de informação e comunicação que será dinamizada uma perspetiva de coresponsabilização entre o IEBA e as empreendedoras.

 

Dados do projeto

Data inicio 31 – 07 -2013
Data final 31-07-2014
Formandas : 10
Empresas criadas: 3

 

O IEBA e o Empreendedorismo

 

No IEBA, desenvolvemos uma filosofia de abordagem e intervenção na área do empreendedorismo:
Decorrente da experiência de trabalho o IEBA definiu, desde há algum tempo, uma
- Disponibilidade e informação;
- Confrontação das ideias e iniciativas;
- Serviços  e ferramentas especializadas;
- Preços de mercado;
- Complementaridade formativa;
- Atenção a apoios e ajudas;
- Eventos e iniciativas.

Desde da sua génese que o IEBA tem uma forte ligação ao empreendedorismo e, em particular, ao empreendedorismo feminino. Apresentamos alguns dos mais relevantes projetos realizados:

 

NOW - Mulheres 94 (IC NOW)

 

LEME - Lançamento de Empresas por Mulheres Empreendedoras (1998-1999/IC Emprego & ADAPT-NOW)

(1998-1999/IC Emprego & ADAPT-NOW): 19 formandas, 99 horas de formação

CHANCE - Competências e Habilidades Adquiridas no Contexto Empresarial

(2000/IC Emprego & ADAPT-INTEGRA) - 13 formandos, 740 horas de formação

PROFEM - Promover o Empreendedorismo no Feminino

(2003-2004/PEOFDS-Medida 4423) - 12 formandas - 4 empreendedoras com empresas criadas, 166 horas de formação

NEI – Núcleo Empreendedor do IEBA

Medidas integradas, de criação própria como o (Leader) em 2008, que conjugou workshops, concursos de ideias empreendedoras para escolas, missões de conhecimento empresarial, criação de ferramentas digitais para empreendedores/as, intervenções de formação-ação para micro e pequenas empresas.

Programa Formação PME

Programa de Consultoria e Formação de apoio a pequenas e médias empresas (cujo promotor nacional é a AEP - Associação Empresarial de Portugal), com uma metodologia de trabalho e gestão específica - MPPO - Metodologia de Planeamento de Projetos por Objetivos, que contempla as seguintes fases: diagnóstico (instrumentos específicos: árvore de problemas e árvore de objetivos); planeamento (instrumentos específicos: quadro de medidas); implementação e avaliação.
- envolvimento de 192 empresas diferentes no período  entre 1997 a 2012
- envolvimento de 3.543 participantes nas formações

Q3 - consultoria para o 3º sector

O projeto Q3 tem vindo a utilizar o Modelo de Qualificação Q3, que teve a sua origem no modelo de intervenção em entidades da economia social concebido e testado no projeto C3 – Consultoria para o 3º Sector. Na prática este primeiro modelo foi ele mesmo a adaptação de uma metodologia formação-ação realizada em empresas no contexto do Programa Formação PME. Esta adaptação foi realizada e experimentada em 6 instituições, tendo sido posteriormente validada e disseminada no âmbito da Iniciativa Comunitária EQUAL. Na última fase de desenvolvimento desse projeto C3 foi ainda efetuada a incorporação desta metodologia pelas entidades parceiras Q3 (IEBA, AEP, UTAD, FENACERCI, IN LOCO, MINHA TERRA e CPCCRD).
- envolvimento de 75 entidades no período  entre 2008 e 2012
- envolvimento de cerca de 7640 colaboradores/as, num total (até Outubro/2011) de cerca de 7900 horas de formação e consultoria

PRONACI - Programa para Chefias Intermédias

Programa de formação para chefias intermédias da indústria, percursor do modelo de formação-ação, envolveu entre 1998 e 2000, 17 empresas.

 

Incubação física de Empresas

Incubação física (instalações próprias designadas por Centro de Iniciativas Empresariais), propiciando espaço e serviços de apoio a custos económicos.
Atendimento sem custos a qualquer potencial criador empresarial, abrangendo informação sobre licenciamento, incentivos, enquadramento contabilístico-fiscal, temas laborais e outros.

PAECPE/ATCP – Programa de Apoio ao Empreendedorismo e à Criação do Próprio Emprego/Apoio Técnico à Criação e Consolidação de Projetos

Na realização, enquanto entidade credenciada pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional no 10º posto do ranking nacional de candidatos, de processos de consultoria formativa e formação à medida (40 horas de consultoria + 40 horas de formação + 50 horas de acompanhamento, por empresa) para o desenvolvimento de iniciativas de criação do próprio emprego ao abrigo do Programa PAECPE/ATCP – Programa de Apoio ao Empreendedorismo e à Criação do Próprio Emprego/Apoio Técnico à Criação e Consolidação de Projetos, em vigor desde 2011.